sábado, 7 de maio de 2011

Concentrador de luz torna energia solar competitiva com petróleo e carvão

Share |






07/05/2008

A empresa emergente Sunrgi apresentou um novo sistema de lentes que concentra a luz do Sol, fazendo-a chegar às células solares com uma intensidade 1.600 vezes maior do que a luz do Sol normal, resultando no mais eficiente gerador de energia solar já feito.
Custo da energia solar
Segundo a empresa, seu equipamento permitirá a produção de energia solar a um custo de US$0,05 por kilowatt/hora (kWh), um preço competitivo com as fontes tradicionais de geração de eletricidade, como as termoelétricas a gás natural e até mesmo aquelas alimentadas a carvão, o combustível mais barato atualmente.
Em termos de custos, as mais promissoras células solares são as células orgânicas flexíveis ou orgânicas. Mesmo com todos os seus avanços, seu custo ainda é significativamente superior a este (veja Painéis solares flexíveis chegam ao mercado custando US$0,99/watt).
Concentrador solar
O protótipo do sistema, batizado de XCPV (Xtreme Concentrated Photovoltaics), consiste em um conjunto de lentes e um sistema de resfriamento para as células solares, para que elas não se fundam com o extremo calor gerado.
Já existem diversos sistemas de concentração de luz solar, que atingem amplificações ao redor de 500 vezes (veja Forno solar usa combustão reversa para transformar CO2 em combustível e Energia solar é armazenada quimicamente de forma eficiente).
A Sunrgi afirma que conseguiu multiplicar várias vezes esse valor desenvolvendo uma tecnologia que mantém suas células solares feitas com o elemento semicondutor germânio a uma temperatura em torno de 20º C.
Disponibilidade comercial
A empresa afirma que é possível colocar o equipamento em comercialização em um período entre 12 e 15 meses porque todas as peças necessárias para a montagem do XCPV podem ser fabricadas pela indústria eletrônica já instalada, sem a necessidade de construção de novas fábricas especializadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário